Capa  |  Memória  |  Estatuto (PDF)  |  Diretoria  |  Oficinas de sócios  |  Notícias  |  Fotos  | Sócios  |  Associe-se       

Notícias

45ª Feira do Livro da FURG divulga programação

AGES - Associação Gaúcha de Escritores

"Histórias de mulheres" é o tema desta edição.

Foi divulgada na última terça-feira, 16, a programação da 45ª Feira do Livro da FURG, que acontece de 25 de janeiro a 4 de fevereiro, na Praça Dídio Duhá, no Cassino, em Rio Grande. Com o tema “Histórias de mulheres”, a edição deste ano apresenta uma série de atividades artísticas e culturais, para todos os públicos, que enfatizam o protagonismo feminino, especialmente na literatura. Serão dez dias de oficinas, exposições, saraus, rodas de conversa, espetáculos teatrais e musicais, intervenções artísticas, encontros com o autor e sessões de autógrafos nos principais espaços da feira – Arena Cultural, Espaço Literário e Rua das Crianças.

A solenidade de abertura do evento está marcada para as 21h do dia 25, seguida de show da Big Band da FURG. A sexta-feira, 26, será dedicada à patrona, Aimée Bolaños. A partir das 21h, no Espaço Literário, haverá apresentação do livro da autora Ofício de lectora, por Giliard Barbosa. No sábado, 27, a feira promove o encontro entre a escritora Maria Carpi e leitores estudantes da escola Wanda Rocha, às 20h, na Arena Cultural. As conversas com o autor e as sessões coletivas de autógrafos ocorrem diariamente, às 21h, no Espaço Literário.

Na agenda de shows, os espetáculos Comemorando o aniversário do Cassino na Feira – Garotos da Rua Revival, no dia 26; Tango Sur Sexteto, dia 27; Receita para desatar os nós da garganta, com Paola Kirst, dia 3; e o encerramento com a tradicional Banda Rossini, dia 4, são as principais atrações.

De acordo com o pró-reitor de Extensão e Cultura, Daniel Prado, o evento é pensado para despertar e estimular o gosto pela leitura, pelas artes e, também, para instigar a discussão de assuntos pertinentes à sociedade. A Feira do Livro da FURG é considerada uma das ações de extensão e cultura de maior impacto para a universidade e a comunidade. Em 2018, o evento irá contar com mais de 20 bancas de livreiros e mais de 50 títulos serão autografados.

Sobre a Patrona

Ensaísta, poeta, ficcionista e professora universitária, Aimée Bolaños, 74 anos, é natural do município de Cienfuegos, em Cuba. Está no Brasil desde 1997. Aimée é pós-doutora em Literatura Comparada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atua como professora do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL) da FURG e como professora adjunta da Universidade de Ottawa, Canadá.

A escritora homenageada recebeu, entre outros prêmios, o Concurso Mirta Aguirre de Crítica Literária, em 1986, e Prêmio Nacional Melhor Obra Científica pelos capítulos do livro “Historia de la literatura cubana”, em 1995. Em seu trabalho, a temática feminina tem enfoque através da poesia contemporânea, da literatura latino-americana, da literatura cubana da diáspora e da teoria literária.

Para Aimeé, o convite para ser patrona da 45° Feira do Livro da FURG culmina com a experiência de vida, de criação, além de marcar os 20 anos como professora universitária brasileira. “É um momento enriquecido com este reconhecimento no qual estão muito presentes todos vocês: amigos, colegas, discípulos. Na minha condição de cidadã, mulher, professora universitária, escritora, recebo muita honrada esta representação que vai além da minha pessoa. Ser patrona da feira tem também, e não em segundo lugar, um significado muito sensível por estar dedicada às histórias de mulheres que dia a dia participamos criativa e criticamente na história de nosso país nesta hora tão difícil quanto esperançosa.

Os trabalhos literários de Aimeé estão em pelo menos 32 livros - entre ficção, antologias, capítulos e prólogos. São obras editadas em Cuba, no Brasil, Canadá, Espanha e Estados Unidos. A produção teórico-crítica da escritora é vasta. Além de artigos publicados em revistas brasileiras, hispano-americanas, canadenses e européias, tem oito livros de ensaios.

Entre as obras publicadas no Brasil, cinco foram feitas pela Editora e Gráfica da FURG (Edgraf): “Vozes negras das Américas: diálogos contemporâneos”, Ficções da história: reescrituras latino-americanas, “Pensar la narrativa”, “El Libro de Maat” e “Oficio de lectora” (2016) - o mais recente, escrito em espanhol e português. Todos estarão disponíveis na banca de livros da FURG.

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Rio Grande


Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores