Capa  |  Memória  |  Estatuto (PDF)  |  Diretoria  |  Oficinas de sócios  |  Notícias  |  Fotos  | Sócios  |  Associe-se       

Notícias

Emenda pró-Adote um Escritor: saiba como cada um dos vereadores votou

AGES - Associação Gaúcha de Escritores

Ex-secretária estadual da Cultura Mônica Leal estava entre os parlamentares que votaram contra a destinação de recursos ao Adote.

A Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou, nesta segunda-feira (4/12) à tarde, uma emenda parlamentar que destina recursos de R$ 400 mil ao programa municipal de leitura Adote um Escritor em 2018. A emenda 86 ao projeto de lei do Executivo que trata da proposta orçamentária do Município para o ano de 2018 é assinada pelas vereadoras Fernanda Melchionna (PSOL) e Sofia Cavedon (PT) e pelos vereadores Adeli Sell (PT) e Reginaldo Pujol (DEM), que integram a Frente Parlamentar de Incentivo à Leitura.

Dos 30 vereadores que votaram, a emenda foi aprovada pelos vereadores com 18 votos favoráveis, enquanto outros 12 votaram contrariamente à destinação de mais recursos para o programa que visa ao incentivo à leitura em Porto Alegre. A diretoria da AGES considera exitoso o movimento em prol da destinação de mais recursos ao projeto Adote um Escritor, mas manifesta sua surpresa em constatar que 12 vereadores tenham votado contrariamente a uma proposta de incentivo à leitura e à compra de mais livros pelas escolas municipais.

A proposta recebeu voto contrário inclusive da ex-secretária estadual da Cultura no governo Yeda Crusius, a vereadora Mônica Leal (PP). "O objetivo a ser alcançado é que se destinem ao projeto os mesmos valores praticados em 2015", afirma o presidente da AGES, Christian David. "Apesar desta vitória, ainda nao chegamos ao valor ideal, esperamos avançar. E precisamos pressionar para que o prefeito não vete a emenda aprovada."

A proposta orçamentária com as emendas aprovadas pela Câmara será agora enviada ao Executivo municipal, e o prefeito Nelson Marchezan Júnior poderá sancioná-la ou vetá-la total ou parcialmente (veto apenas a determinadas emendas). Em caso de veto, o projeto retorna à Câmara para ser novamente analisado pelos vereadores, que poderão manter ou derrubar os vetos feitos por Marchezan.

Veja abaixo quais os vereadores realmente apoiam o projeto Adote um Escritor e as políticas públicas de incentivo à leitura:
 


 

Votação da Emenda 86 ao PLE 024/17, que trata da Lei Orçamentária do Município para 2018.

Sim 18      Não 12     Abstenções 0     Resultado Aprovado

 

Vereador / Partido Voto
Reginaldo Pujol DEM Sim
Dr. Thiago / DEM Sim
Felipe Camozzato / NOVO Não
Mauro Zacher / PDT Não votou
Márcio Bins Ely / PDT Sim
João Bosco Vaz / PDT Sim
Mendes Ribeiro / PMDB Não
Comandante Nádia / PMDB Não
Valter Nagelstein / PMDB Não votou
Idenir Cecchim / PMDB Não
André Carús / PMDB Sim
Rodrigo Maroni / PODE Não
João Carlos Nedel / PP Não
Ricardo Gomes / PP Não
Cassiá Carpes / PP Sim
Mônica Leal / PP Não
Alvoni Medina / PRB Sim
José Freitas / PRB Sim
Professor Wambert / PROS Não votou
Airto Ferronato / PSB Sim
Paulinho Motorista / PSB Sim
Tarciso Flecha Negra / PSD Representação externa
Moisés Maluco do Bem / PSDB Não
Professor Alex Fraga / PSOL Sim
Fernanda Melchionna / PSOL Sim
Roberto Robaina / PSOL Sim
Thiago Braga / PT Sim
Sofia Cavedon / PT Sim
Aldacir Oliboni / PT Sim
Marcelo Sgarbossa / PT Sim
Cassio Trogildo / PTB Não votou
Paulo Brum / PTB Não votou
Dr. Goulart / PTB Não
Luciano Marcantonio / PTB Não
Mauro Pinheiro / REDE Não
Clàudio Janta / SDD Sim

 


Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores