Capa  |  Memória  |  Estatuto (PDF)  |  Diretoria  |  Oficinas de sócios  |  Notícias  |  Fotos  | Sócios  |  Associe-se       

Notícias

Anunciados os vencedores do Prêmio AGES Livro do Ano 2017

AGES - Associação Gaúcha de Escritores

Livro "Cecília que amava Fernando", do escritor Caio Riter, foi o mais votado pelos associados da AGES

 

Em cerimônia realizada neste sábado (5/8) à noite, no auditório Barbosa Lessa do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, a Associação Gaúcha de Escritores (AGES) anunciou os vencedores do Prêmio AGES - Livro do Ano 2017. O escritor Caio Riter, autor de "Cecília que amava Fernando" (Editora da cidade), livro mais votado pelos associados da AGES, recebeu também o troféu Prêmio AGES/Sintrajufe-RS e R$ 1 mil.

O Prêmio AGES foi conferido aos melhores livros publicados em primeira edição por autores gaúchos ou residentes no Rio Grande do Sul no ano de 2016. Todos os escritores premiados receberam um troféu criado pela artista plástica Lília Manfrói.​ Nas oito categorias concorrentes ao Prêmio, os escritores escolheram, em votação, os seguintes livros e autores como vencedores do Livro do Ano:

Categoria Infantil: Bichológico, Paula Taitelbaum, Piu

Categoria Especial: A força do tempo: Histórias de um repórter fotográfico brasileiro, Kadão Chaves, Libretos

Não ficção: O sargento, o marechal e o faquir, Rafael Guimaraens, Libretos

Narrativa curta: Idioma de um só, Ricardo Koch Kroeff, Não Editora

Narrativa Longa: A ponta do silêncio, Valesca de Assis, BesouroBox

Crônica: A persistência do amor, Rubem Penz (org), Buqui

Juvenil: Cecília que amava Fernando, Caio Riter, Editora da Cidade

Poesia: Cenas mínimas, Maria do Carmo Campos, Libretos

A noite de premiação, que foi conduzida pela vice-presidente cultural da AGES, Milene Barazzetti Machado, e pelo vice-presidente administrativo, Antônio Schimeneck, teve também uma ​participação especial ​dos músicos Dudu Sperb e Toneco da Costa​, que fizeram um pocket show com músicas de Chico Buarque.

Incentivo à cultura

Ao dar início à cerimônia de premiação, o presidente da AGES, escritor Christian David, agradeceu a parceria do Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal do RS (Sintrajufe-RS) e do Centro Cultural CEEE-Erico Verissimo, 'que sempre apoiam nossos projetos e queremos que continuem nos apoiando".

Ao destacar que "ser finalista do Livro do Ano já é um grande prêmio" para todos autores finalistas, Christian David garantiu que a AGES "vai continuar sua luta" em favor dos escritores e do incentivo à leitura, "Estamos empunhando várias bandeiras neste sentido. Esta semana, por exemplo, lançamos o manifesto em favor da continuidade do Programa Adote um Escritor. Não aceitamos desculpas para que se deixe para trás o que realmente faz com as comunidades mudem e melhorem. Sabemos que o poder público não dá o mesmo valor que nós damos para a cultura, mas vamos continuar nossa batalha em todas as esferas públicas.

Representando o Sintrajufe, a diretora Eliana Flakembach Leonardi destacou a importância do Prêmio AGES. Ela ainda ressaltou que a entidade tem longa trajetória de apoio e promoção de projetos de incentivo à cultura no Estado e que a AGES é uma antiga parceira do Sintrajufe.

Concorrentes

No final de junho, a AGES havia​ ​divulg​​ado​ ​os três livros escolhidos como finalistas em cada uma das oito categorias do Prêmio.​ ​A pré-seleção foi feita pela comissão julgadora integrada pelas professoras Alessandra Flach (doutora em Literatura Brasileira pela UFRGS), Ângela Rolla (professora da Ulbra, doutora em Literatura Brasileira) e Vera Hass (doutora em Literatura Brasileira pela UFRGS).​

Também concorreram como finalistas ao Prêmio os seguintes livros e autores: A menina e o monstro e algumas pedras no caminho, Martina Schreiner, Edição da autora; Valentina e o feijão, Viviane de Gil, Vivilendo; Além das 4 linhas, Roberto Jardim, Vento Norte Cartonero; Le Chevalier: Arquivos secretos Vol I, A. Z. Cordenonsi, Avec; Amizades contemporâneas, Danichi Hausen Mizoguchi, UFRGS; Mariana no mundo dos saltissonhos: Umas palavras do autismo, Marco A. B., Saluz; A natureza intensa, Nelson Rego, Terceiro Selo; Metâmeros, Ryan Mainardi, Schoba; Enquanto caio, Marcelo Rocha, Metamorfose; Homens elegantes, Samir Machado de Machado, Rocco; O que cabe em um abraço, J. J. Camargo, L± Por falar em passarinhos... Crônicas do pampa, Blau Souza, AGE; A bandeira do elefante e da arara, Christopher Kastensmidt, Devir; O cânion de dentro, Doralino Souza da Rosa, JM2D; O livro das sombras, jazz & outros poemas, Demétrio de Azeredo Soster, Catarse; e Sopapo poético: Pretessência, Lilian Rose Marques da Rocha (org.), Libretos.

 


Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores