Capa  |  Memória  |  Estatuto (PDF)  |  Diretoria  |  Oficinas de sócios  |  Notícias  |  Fotos  | Sócios  |  Associe-se       

Notícias

AGES se mostra preocupada com destino do Projeto Autor Presente

AGES - Associação Gaúcha de Escritores

Descrição: http://www.ages.org.br/imagens/topo.jpg

 

AGES PREOCUPADA COM O IEL E COM O AUTOR PRESENTE

 

            A AGES foi informada, não oficialmente, que o Instituto Estadual do Livro, IEL, terá novo diretor. Jaime Cimenti, sócio-fundador da AGES, embora não tenha sido empossado ainda como diretor do IEL, deverá deixar o cargo para assumir como conselheiro no Conselho Estadual de Cultura. A SEC estaria em busca de outro diretor.

            Tal notícia preocupa.  Preocupa, sobretudo, por o Instituto estar parado. Planos de edições não estão sendo promovidos e o projeto Autor Presente, que apenas no ano de 2014 realizou 145 encontros, envolvendo 111 escolas, 16 bibliotecas, 18 autores na Paz, 57 municípios e 65 escritores, atingindo público de 36.250 pessoas (em média 250 por encontro) não está aceitando inscrições de escolas neste ano. São seis meses em que encontros entre escritores gaúchos e leitores não estão ocorrendo. Uma lástima se pensarmos que tal projeto foi pioneiro em levar escritores às escolas do RS.

            O projeto se manteve, nos últimos anos, com parceria entre a Secretaria de Cultura e a Secretaria de Educação, o que garantiu pagamento de cachê aos autores, além da aquisição de acervo literário para as bibliotecas escolares. Todavia, informação extraoficial aponta que as verbas destinadas à aquisição de livros para o Autor Presente, devido a não implementação do projeto em 2015, acabaram sendo destinadas a outro projeto, o Lendo pra valer, parceria da SEDUC com a CRL. Por um lado isso é positivo, por outro amplia espaço que era reservado aos autores gaúchos, sobretudo àqueles que estão iniciando sua carreira e que encontravam no IEL um suporte seguro.

           Assim, a AGES reforça seu compromisso em defesa dos autores gaúchos e solicita que a literatura rio-grandense (autores e obras) voltem a ter merecido destaque e reconhecimento pelas políticas públicas de cultura estaduais. O Instituto Estadual do Livro precisa ser fortalecido, por meio da indicação e nomeação imediata de um diretor e da efetivação do Projeto Autor Presente.

 


Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores