Capa  |  Memória  |  Estatuto (PDF)  |  Diretoria  |  Oficinas de sócios  |  Notícias  |  Fotos  | Sócios  |  Associe-se       

Notícias

Livro de Simone Saueressig é finalista do Prêmio Argos

AGES - Associação Gaúcha de Escritores


Romance de Ficção Científica gaúcha é finalista em prêmio de âmbito nacional

Editado originalmente em formato de folhetim on-line, “B9”, o romance de Ficção Científica da autora gaúcha Simone Saueressig, tornou-se, esta semana, um dos cinco títulos  finalistas do Prêmio Argos, na categoria “Romance”, promovido pelo Clube dos Leitores de Ficção Científica do Brasil, o CLFC. O livro, foi escolhido entre 25 títulos da produção nacional da Ficção Científica do ano passado, e agora espera o resultado, que deverá ser divulgado no dia 23 de setembro, durante o VI Fantasticon - Simpósio de Literatura Fantástica, em São Paulo. O anúncio da escolha foi publicado no Somnium 103, o boletim do CLFC e pode ser conferido em http://www.clfc.com.br/Somnium103.pdf

“B9”ganhou edição em papel em 2011, através da editora sob demanda Clube de Autores (https://clubedeautores.com.br/book/43495--B9). O romance, narra a situação de uma nave de colonização terrana atingida por uma nuvem de asteroides durante sua travessia até o sistema Libra.  Diante da emergência, o computador central desliga os motores principais e desperta da criogenia a tripulação sobrevivente para tentar solucionar os problemas resultantes do acidente. O  comandante, Oliver Carges, põe a nave em relativa segurança, em a órbita de um sistema estelar binário, regido por um buraco-negro, mas durante o período de espera pelo resgate, a situação à bordo se deteriora, até consolidar-se num cotidiano perverso e violento, capaz de levar todos ao limite de sua forças.

Em sua superfície, o romance é uma grande aventura espacial. Contudo, a ação pretende ir mais além: “B9” é também o relato da infância destruída pela violência familiar e o desafio que é a retomada do controle de vida e do futuro. Não é a toa que a epígrafe lembra “Quem cala consente. Não se cale.” “Tenho a ambição de que o romance seja uma grande metáfora e estimule as pessoas a encarar com coragem a necessidade de denunciar situações de violência familiar, sobretudo quando envolvem crianças e são de natureza sexual”, comenta a autora, que está muito satisfeita com a indicação do livro para o prêmio. Durante os dois anos em que o romance esteve gratuitamente à disposição dos leitores, o blogue hospedeiro registrou quase dois mil acessos.

 

Simone Saueressig tem vários livros publicados em diferentes editoras brasileiras, contando também com edições independentes. Escreve Fantasia e Ficção Científica. Autora também de "A Máquina Fantabulástica" (Ed. Scipione), "A Estrela de Iemanjá" (Ed. Cortez), "A Fortaleza de Cristal" (L&PM) e "aurum Domini - O ouro das Missões" (Artes e Ofícios), romance que recebeu o prêmio Livro do Ano - Narrativa Longa, da Associação Gaúcha de Escritores, em 2011.

 


Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores