Capa  |  Memória  |  Estatuto (PDF)  |  Diretoria  |  Oficinas de sócios  |  Notícias  |  Fotos  | Sócios  |  Associe-se       

Notícias

Menino perplexo

Ana Mello

Livro de poemas de Israel Mendes apresenta a perplexidade, as brincadeiras, a inocência e a criatividade do olhar infantil sobre o mundo

Toda a criança, em determinado momento, precisa crescer. Parar de se esconder debaixo da saia da mãe e encarar com valentia até mesmo os terríveis monstros que se escondem no armário do quarto. O escritor e publicitário Israel Mendes é uma criança que cresceu. No entanto, os poemas de Menino perplexo provam que a vida adulta não roubou a sua inocência e seu olhar que experimenta e conhece o mundo, ao mesmo tempo em que se encanta com a sua simplicidade.

Menino perplexo, de Israel Mendes, será lançado pela Dublinense no dia 14 de outubro de 2010 (quinta-feira), a partir das 19h30min, no espaço cultural Fernando em Pessoa, em Porto Alegre.

Os poemas de Israel Mendes brincam e elogiam a língua portuguesa, convidando o leitor para uma interação constante com brincadeiras, palavras, expressões e situações. O autor constrói uma literatura incomum, mas que pela sua universalidade, atrai leitores de todas as idades. Como sinaliza a escritora Clarissa Corrêa na orelha do livro. “Israel já é um homem, mas consegue enxergar a vida com os olhos de menino. Um menino perplexo, que vê tudo como se fosse a primeira vez. Se surpreende, se choca, mistura o bonito e o feio, a vida e a morte, o amor e o sexo. E brinca com as palavras de um jeito bonito de se ler.”

Israel Mendes é gaúcho, nascido em 1978, formado em publicidade e propaganda pela PUCRS. Trabalhou como redator publicitário durante nove anos. Atualmente, é diretor de criação e lead game designer na Aquiris Game Experience, estúdio do qual também é sócio. Em 2010, reingressou na PUCRS como estudante de filosofia. Menino perplexo é seu livro de estreia.


 

 

Fonte: Lu Thomé


Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores